08 novembro, 2013

Dinamômetro vale a pena?

Configurar injeção é um assunto complexo e polêmico, portanto, não vou entrar no mérito do seu funcionamento e menos ainda qual a melhor solução para remapeá-la. Há muita informação de qualidade na Net pra quem quer se aprofundar no assunto:



Na minha opinião, benefícios como aumento de cavalaria e torque, bem como a diminuição da temperatura, sempre foram consequências do aumento da eficácia do funcionamento do motor, ou seja, usufruir da melhor forma do equipamento, stock ou não, é o objetivo.

Configurei uma porção de mapas com base nos fornecidos e nos logs do meu equipamento de remapeamento, mais uma porção de tentativas e erros, até chegar em um suposto mapa ideal, aquele que considerei ter deixado a motocicleta mais lisa, com um consumo adequado e uma coloração das velas bacana.

Como não sou especialista no assunto, eu sempre ficava encanado se meu mapa estava correto, se dava pra tirar mais alguma coisa da moto ou se simplesmente eu tinha feito alguma merda. Foi então que resolvi recorrer ao dinamômetro pra poder tirar essa encanação da cabeça e fiquei muito satisfeito com o resultado. 



O gráfico acima foi o da primeira vez que coloquei a FAT no dyno. Até aqui, somente ponteiras e filtro de ar. A imagem mostra o aumento de 74 para 79,5 HP e do torque de 88,6 para 92,8. Além de conseguir tirar mais HP e torque do que o mapa anterior feito sem o uso do dyno, o consumo diminuiu bem.

Este último mapa é de como a FAT está agora depois de mais algumas alterações:



Oficinas que possuem esse serviço em São Paulo:




E pra quem acha que é um serviço caro eu faço duas perguntas:
-Quanto custa um equipamento desses?
-Quanto sai pra formar um especialista?


Se vale a pena usar o dinamômetro pra mapear a injeção? Pra mim tem valido a pena demais!

04 novembro, 2013

CB desmontada

O pontapé inicial foi dado. Tiramos o Sábado para desmontar a CB lá na Garagem RDN.

Depois da foto ainda removemos as bengalas, mesas e ponteiras.

Me empolguei em vê-la desmontada e gostei muito do estado do chassi e motor. Achei que ela estivesse pior.


22 outubro, 2013

Controlar - Inspeção veicular SP

E foi assim que a R passou na inspeção, com as ponteiras originais da FAT:

As outras receberam temporariamente os escapes originais:


E quem não trampa traz o rango. Valeu Rodriguera!

04 agosto, 2013

CB 450

Está completa? Não.
Falta alguma peça? Uma porção.
Funciona? Não sei.
Resumindo: demais!

E mais uma vez a mobila vai ter que esperar.


03 julho, 2013

Garagem RDN

Quer fazer um acessório pra sua moto?
Quer construir um escapamento?
Quer arrumar uma peça ao invés de já sair trocando?
Quer dar um outro acabamento em alguma peça?
Quer carburar sua injetada?
Quer fazer uma revisão geral?
Precisa de jateamento e pintura eletrostática?
Quer dar manutenção na sua moto você mesmo aos sábados?

Se respondeu sim para pelo menos uma destas perguntas, você precisa conhecer este lugar:


Dúvidas remanescentes? Vá até a oficina e pergunte pessoalmente pro Narcose.

15 abril, 2013

Sportster APE Hanger 14" - Montagem

O comprimento dos cabos foi aumentado, bem como foram passados internamente pelo guidão.






O kit da Burly que utilizamos vem com as extensões nas cores correspondentes. Achei muito bom.

 
Depois de tudo pronto lavamos a danada pra ela sair bem na foto.

13 abril, 2013

11 abril, 2013

Sportster APE Hanger 14" - Desmontagem

Começamos a diversão removendo o fusível principal. Aqui um macete: esta moto é 2010, portanto, possui sistema de alarme original. Para desconectá-lo, a chave deve estar na posição On da ignição, caso contrário, a moto vai piscar e apitar feito doida.



Próximo passo: removemos completamente o cabo da embreagem. Este será substituído por um maior, pois o original é curto para esta medida de guidão.







Removemos então os cabos do acelerador que também serão substituídos por maiores.





O flexível do freio também precisará ser substituído.



Como é algo simples de fazer, optamos por remover o farol para facilitar os acessos.



Por fim, para facilitar o acesso aos conectores e desplugar a parte elétrica, usamos um instrumento de precisão sob o tanque.

09 abril, 2013

Variable Pressure Clutch

Eu ainda não tinha ouvido falar deste sistema de acionamento de pressão variável da embreagem por ação da força centrífuga até o mesmo passado. Achei o conceito bacana e vou colocar na FAT.


Teoricamente uma forma bacana de aumentar a eficiência da embreagem original. Vamos ver como fica.
Fabricante: AIM

27 março, 2013

583CE Easy Start Camshaft Kit - S&S Cycle

O comando da FAT chegou. Senti que ela estava ficando enciumada com o projeto da Sportster Branca então resolvi presenteá-la.



Como o meu motor é stock, troquei apenas filtro de ar, escapamento e remapeei a injeção, optei por este comando porque é possível instalá-lo sem modificar mais nada na moto. Além disso, gostei bastante da proposta do sistema Easy Start. O vídeo abaixo demonstra bem seu benefício:


Dentre os modelos disponíveis, optei pelo 583ce por conta da sua faixa de atuação ser semelhante a do comando original, que fica entre 2000 e 4000 RPMS.

Se você está se perguntando: -Se é a mesma faixa do original, então porque trocar?

A resposta é a seguinte: basicamente qualquer comando de performance será mais eficiente do que os restritivos comandos originais em qualquer faixa de rpm, porém, esta faixa é priorizada de acordo com cada modelo:

551 touring cam dyno chart
fatboy 583 cam dyno chart
Fatboy 585 Cam dynb chart
Se quiser saber mais sobre o assunto, tem um artigo excelente do Big Chopper de la Frontera que, na minha opinião, desmistifica o tema.

Após instalar o comando e remapear a injeção pretendo colocar a danada no dinamômetro. Vou postar o resultado tão logo eu conclua.

21 março, 2013